Horta comunitária em forma de folha é inaugurada em Curitiba

Antigo espaço ocioso agora está repleto de pés de alface, couve, rúcula, almeirão e escarola.

Quem chega ao imenso terreno de 5,5 mil metros quadrados na Vila Pantanal, no Alto Boqueirão, fica encantado com a bela horta que começa a nascer, em um curioso formato de folha. Mas o cenário era muito diferente antes do início da nova parceria entre a Prefeitura de Curitiba e a concessionária de trens Rumo.

O antigo espaço ocioso da empresa começou a ser cultivado por 30 agricultores urbanos da região e é a primeira fase da 25ª horta comunitária da cidade com apoio do município. Repleto de pés de alface, couve, rúcula, almeirão e escarola, o local foi inaugurado, na última quinta-feira (27/9).

“É uma parceria em prol da segurança alimentar, para dar acesso a uma alimentação mais saudável a uma população tão carente”, destaca Luiz Gusi, secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, responsável pelo programa de Agricultura Urbana da Prefeitura.

A Prefeitura, através do Programa de Agricultura Urbana, é responsável pela assistência técnica, apoio organizacional da comunidade e, inicialmente, fornecimento de mudas e insumos usados no espaço. Em uma segunda etapa, mais 70 produtores urbanos deverão ser integrados ao espaço de cultivo no Alto Boqueirão.

Parcerias

A Horta do Pantanal, que começa a receber um curioso desenho de folha graças ao formato do terreno, está ganhando ainda um local de treinamento, instalado em um contêiner cedido pela Brado Logística, que atua no transporte ferroviário de cargas fechadas.

Já a Rede Evangelizar sensibilizou empresas da capital, que forneceram material para a instalação das cercas ao redor do terreno; de ferramentas para preparação do solo e cultivo e também de materiais recicláveis, como pneus, que estão sendo usados como canteiros.

Carmen Maron, coordenadora de Relações Sociais da Rumo, lembra que a Horta do Pantanal é a segunda parceria entre a empresa de trens e o município. “Desde o ano passado, 24 famílias do Cajuru também estão cultivando alimentos em uma área da concessionária, junto à linha férrea que sai da sede da Rumo”, observa ela.

Vice-presidente da Associação dos Moradores da Vila Pantanal, o comerciante Edson Carpejane Milani, 52 anos, avalia que a Horta do Pantanal deverá mudar a vida de toda a comunidade. “A comunidade toda está muito animada e já estamos selecionando as próximas famílias que receberão canteiros para o cultivo”, em referência à segunda fase da horta, quando outros 70 produtores serão incorporados ao espaço.

Programa

A Prefeitura mantém o Programa Hortas Comunitárias desde 1986. Com a inauguração do espaço na Vila Pantanal, agora serão 25 áreas cultivadas por produtores urbanos, beneficiando 902 famílias e cerca de 6,3 mil pessoas, entre agricultores, familiares e pessoas que ganham ou adquirem os alimentos das hortas.

Os locais de cultivo se espalham por 433,5 mil metros quadrados sob linhões de energia, terrenos públicos e áreas da iniciativa privada, como as duas da Rumo. As hortas comunitárias estão localizadas, atualmente, nos bairros Alto Boqueirão, Cajuru, Rebouças, Sítio Cercado, Tatuquara, Campo do Santana e Cidade Industrial.

As informações são da Prefeitura de Curitiba.

0 Comments

No comments!

There are no comments yet, but you can be first to comment this article.

Leave reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *