Energia solar por assinatura garante economia sem instalação de painéis

Projeto solar comunitário terá capacidade equivalente a alimentar mais de 800 residências de Nova York.

Imagine que você se inscreva para receber crédito de uma parcela de eletricidade gerada em um parque solar. Tais créditos caem diretamente como desconto em sua conta de luz mensalmente, economizando muitos reais ao longo de um ano. Esta é a proposta da Dynamic Energy, empresa de energia que possui projetos solares comunitários espalhados por todo os Estados Unidos.

Dando passos mais ambiciosos, à medida que ganha adesão dos norte-americanos, a Dynamic Energy acaba de iniciar a construção do que seria o maior parque solar comunitário no estado de Nova York. Localizado no Condado de Albany, NY,  o projeto solar comunitário gerará mais de 7.300.000 kWh por ano -, equivalente a alimentar mais de 800 residências de Nova York.

Os clientes que se inscreverem no programa vão economizar dinheiro em forma de desconto na conta de luz e os créditos não usados em um mês são transferidos para o mês seguinte. Além disso, é uma forma de apoiar a geração de energia local renovável e ter acesso a ela sem precisar instalar painéis em casa.

A companhia garante que selecionou cuidadosamente o melhor local para a instalação do parque solar comunitário para minimizar a pegada e maximizar a produção. Mais detalhes podem ser encontrados aqui.

Projetos similares no Brasil

Assim como esta empresa, outras já apostam no mesmo modelo. No Brasil, uma fazenda de energia solar por assinatura já funciona em moldes similares, mas por enquanto está disponível apenas para comerciantes. Ela é operada por em Minas Gerais como um plano de assinatura. Quem se cadastra, está na verdade “alugando” um lote da fazenda e recebe os créditos de energia produzidos neste lote, em troca, os abate da conta de luz.

Outra experiência vem sendo testada em Curitiba pela Renova Green, onde os clientes recebem a instalação de equipamentos solares em forma de comodato e pagam um plano mensal -, como em planos de tv por assinatura. Estes e outros projetos vêm surgindo com força ao passo que a conta de luz do país, proveniente principalmente de hidrelétricas e quando há escassez de água de termelétricas, fica cada vez mais cara.

0 Comments

No comments!

There are no comments yet, but you can be first to comment this article.

Leave reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *