ONU lança iniciativa para despoluir rios e mares

A ação, que visa reduzir a quantidade de plástico que vai parar nos mares, foi lançada em Manaus como parte das comemorações do Dia do Meio Ambiente.

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (ONU Meio Ambiente) lançou uma iniciativa para evitar que a poluição dos rios chegue aos oceanos. “Rios limpos para mares limpos” foi lançada na última sexta-feira (8), durante um seminário “Dos Rios limpos para Mares Mais Limpos com os ODS”, promovido pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS), ONU Meio Ambiente, Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável na Amazônia (SDSN-AMAZÔNIA) e Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema).

A iniciativa foi lançada como parte das comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, que é comemorado em 5 de junho. A ideia é integrar a Amazônia e estimular sua população a combater a poluição plástica desde os rios, garantindo a conservação do rios, igarapés e outros afluentes da região.

Atualmente, cerca de 80% da poluição que atinge os mares são originadas em terra, e são levadas até o litoral pelos rios, que são contaminados pela sujeira de esgotos, lixos plásticos, pesticidas e até metais pesados. Quando os rios desaguam no mar, acabam levando consigo essas impurezas que causam risco à saúde de diversos ecossistemas e das pessoas também.

“O desafio de acabar com a poluição do plástico nos mares começa nos rios, muito mais do que as praias, são as margens dos rios que carregam enormes quantidades de plásticos poluindo os oceanos de todo mundo”, explicou o superintendente geral da FAS, Virgilio Viana.

Já Denise Hamú, representante da ONU Meio Ambiente no Brasil, destacou a importância do Rio Amazonas nessa iniciativa. “Manaus é fundamental para o sucesso dessa campanha por conta do Rio Amazonas, da floresta amazônica, pelo que ela representa e pelos desafios que você encontra aqui. O trabalho que a FAS já vem desenvolvendo em alguns dos igarapés da cidade é de suma importância para termos condições de fazer um projeto que a gente se orgulhe muito no futuro”.

Limpeza no lago do Tarumã

Na manhã seguinte ao evento, no sábado (9), a FAS e a ONU Meio Ambiente organizaram uma ação de limpeza nas margens do lago do Tarumã, no Rio Negro. A ação foi coordenada pelo Movimento Grito D’água, com apoio da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp).

Voluntários se juntaram no local para ajudar na ação, que marcou o início da agenda da iniciativa da ONU na Amazônia. Pranchas de “stand up paddle” também foram usadas para ajudar na retirada dos resíduos da água.

0 Comments

No comments!

There are no comments yet, but you can be first to comment this article.

Leave reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *