Shopping em SP é o primeiro no país a ter horta e compostagem no telhado

Projeto transforma todo o lixo orgânico da praça de alimentação em adubo usado em horta no teto do empreendimento.

Com o objetivo de dar destino ecologicamente correto a cerca de 1t de lixo orgânico gerados diariamente em suas praças de alimentação, o Shopping Eldorado investe, desde 2012, no projeto de compostagem nomeado de Telhado Verde. A medida transforma as sobras de alimentos em adubo e dá o destino ecologicamente correto à mais de 30% de todo o lixo produzido no empreendimento.

O intuito da iniciativa é reduzir significativamente a quantidade de resíduos enviados ao aterro sanitário, além de reduzir a emissão de carbono na atmosfera gerada no transporte do material até os tradicionais aterros. A horta também ganhou uma importante função de amenizar a temperatura interna do empreendimento, reduzindo o consumo de energia e evitando o desperdício da água utilizada nos equipamentos de refrigeração de ar.

Foto: Divulgação

Durante o processo, enzimas especiais retiram o odor e a umidade dos alimentos e transformam essa matéria orgânica em adubo, utilizado para cultivar hortaliças, legumes e verduras livres de agrotóxicos em uma área de 5 mil m² no telhado do shopping. Toda a operação, da separação ao cultivo, é produzida e destinada aos próprios colaboradores do shopping. Todos os alimentos produzidos no Telhado Verde são doados aos próprios colaboradores do Eldorado.

Para o superintendente do Shopping Eldorado, Sérgio Nagai, um shopping center é também um instrumento de desenvolvimento social e possui um compromisso com a melhoria da qualidade de vida nas comunidades onde está inserida. “Com o Telhado Verde, trabalhamos o tripé da sustentabilidade com um ciclo em que tentamos abranger não apenas questões ambientais, como também sociais”, explica.

Em 2014, a iniciativa ganhou o prêmio de sustentabilidade da Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers), em 2015, o prêmio de Grande Empresa da Federação de Comércio de São Paulo e ICSC Global Awards Latin America, por fim, em 2016, conquistou mais uma vez um prêmio de sustentabilidade da Abrasce com os impactos do projeto na vida dos colaboradores.

Foto: Divulgação

“Estes prêmios nos mostram o quanto a nossa atitude com o negócio e o meio ambiente está indo pelo caminho certo”, completa Nagai.

Na horta, são produzidos legumes e verduras, como berinjela, jiló, cebola, pimentões, pimentas, salsinhas, alfaces, gengibre, tomates, manjericão, abobrinha; além de plantas medicinais, como capim-cidreira, hortelã, erva doce, carquejo, malva, sálvia, alecrim, bálsamo e poejo.

Notícia originalmente publicada no CicloVivo, site parceiro de conteúdo do Sustentável Show.

0 Comments

No comments!

There are no comments yet, but you can be first to comment this article.

Leave reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *